British Crypto Exchange Lykke é interrompida em meio a suspeita de hack de US$ 22 milhões

Oi galera, prontos para mergulhar no mundo louco das notícias de cripto? Junte-se ao nosso canal do Telegram onde deciframos os mistérios da blockchain e rimos das mudanças de humor imprevisíveis do Bitcoin. É como uma novela, mas com mais drama descentralizado! Não fique de fora, venha com a gente agora e vamos aproveitar a montanha-russa das criptos juntos! 💰🎢

Junte-se ao Telegram


Como um investidor experiente em criptografia com anos de experiência neste mercado dinâmico, considero profundamente preocupantes as notícias recentes sobre a suspeita de hack de Lykke. Os relatados US$ 22 milhões em fundos roubados, incluindo Bitcoin e vários Altcoins, são um lembrete alarmante das vulnerabilidades que existem no ecossistema de câmbio digital.


Descobri que a plataforma de criptomoeda Lykke, com sede no Reino Unido, suspendeu temporariamente seus serviços de negociação após um suposto ataque cibernético, resultando na perda de aproximadamente US$ 22 milhões.

Como analista de criptografia, estou cada vez mais preocupado com as perturbações que acontecem na comunidade e com as potenciais implicações para as medidas de segurança em vigor nas trocas de moeda digital.

Crypto Exchange Lykke é interrompida em meio a suspeita de hack de US$ 22 milhões

O sigilo em torno da plataforma Lykke foi violado, conforme revelado pelo conhecido detetive da web SomaXBT. Essa intrusão não autorizada resultou na movimentação suspeita de aproximadamente US$ 22 milhões, com base em informações de Taylor Monahan, que é desenvolvedor da MetaMask e analista de segurança de criptografia.

É intrigante que o incidente de segurança tenha ocorrido poucos dias após a detecção de acesso incomum, resultando na suspensão de todas as transações comerciais na plataforma para investigação mais aprofundada.

Como pesquisador, me deparei com um desenvolvimento intrigante em relação à exchange britânica de criptomoedas Lykke. De acordo com a DLNews, esta plataforma suspendeu recentemente as atividades comerciais devido ao acesso não autorizado ao seu sistema e suspeita de hacking. Além disso, Taylor Monahan, da MetaMask, relatou uma retirada incomum de aproximadamente US$ 22 milhões da plataforma Lykke.

— Wu Blockchain (@WuBlockchain) 10 de junho de 2024

Os dados da Onchain revelaram que os fundos roubados incluíam uma quantidade substancial de Bitcoin, além de outras criptomoedas populares como Ethereum, Litecoin e Bitcoin Cash.

Como investidor em criptografia, infelizmente experimentei as consequências de um hack em que meu Ether foi roubado. Na tentativa de disfarçar os ganhos ilícitos, os hackers trocaram o Ether furtado por stablecoin DAI – uma tática comum em esquemas de lavagem de dinheiro com criptomoedas. Ao movimentar os fundos através de várias contas, eles esperavam dificultar o rastreamento da origem do agora “limpo” DAI.

Resposta e reações ao hack

Lykke prontamente abordou a situação notificando os usuários de que sua plataforma estava sendo mantida, garantindo-lhes que seus fundos estavam seguros, apesar de alguns relatos de saldos de contas vazios. Num e-mail aos clientes, Richard Olsen, CEO da Lykke, reconheceu o problema e partilhou detalhes sobre a investigação em curso sobre uma suspeita de violação de segurança. Para aliviar as preocupações, Olsen garantiu aos clientes o compromisso da empresa em proteger os seus activos.

“Seus fundos estão seguros porque a Lykke é uma empresa diversificada que possui capital suficiente.”

Como pesquisador que estuda o mercado de criptomoedas, me deparei com vários casos de ataques cibernéticos em exchanges de criptomoedas. Não muito tempo atrás, o DMM Bitcoin divulgou que foi vítima de tal ataque, resultando em uma perda impressionante de US$ 320 milhões. Este incidente sublinha os desafios significativos de segurança que persistem no setor de ativos digitais.

Como investidor em criptografia, recentemente encontrei algumas notícias desanimadoras. Apenas algumas horas atrás, o UwU Lend Protocol, uma plataforma de finanças descentralizadas (DeFi) que eu e muitos outros usamos, foi vítima de um hack. O ataque resultou na perda de aproximadamente US$ 19,3 milhões em ativos digitais, roubados em poucos minutos. Estes incidentes servem como lembretes sombrios da importância de medidas de segurança robustas na nossa economia digital.

Nenhum dado até agora.

2024-06-10 22:12